[Opinião] 1×3 – Itazura na Kiss


Depois da super maratona de Itazura na Kiss 1×3 (mangá, anime e dorama JP) aqui está uma rápida opinião sobre o que achei dela.

A história base é igual na três obviamente, e conta a história de Kotoko que é uma rapariga que está na turma F e se apaixona por um rapaz da turma A. Um aparte, para mim foi a primeira vez que ouvi falar desta divisão escolar, os alunos mais inteligentes ficam na turma A e os menos inteligente por ai fora até chegar ao F. Por isso, sim Kotoko não era das mais inteligentes, mas esforça-se para tal.
Naoki é então o rapaz que faz com que Kotoko actue de maneira idiota, mesmo, mas ele também é bastante “parvo” julgando-se superior ás outras pessoas, e até mesmo colegas.
Um dia Kotoko decide entregar-lhe uma carta de amor que esteve a noite toda a escrever, o pior é que decide fazê-lo na entrada da escola. É então humilhada quando Naoki não a aceita, nem a deixa falar tudo o que tem para dizer, e é para mais falada na escola toda. Mas Kotoko não desiste, ela nunca desiste.

Por incrível que pareça a casa de Kotoko é incendiada (no dorama é outra coisa), e então é um amigo do pai que se oferece para os ajudar e por isso mesmo ela e o pai vão viver com a família Irie…. que …. é a família de Noaki!! 😮
A partir daí  é uma descoberta tanto de Kotoko e de Noaki. Não queria falar muito do futuro de ambos, mas já se imagina a viverem na mesma casa ….
Dizendo apenas que um dia a mãe de Noaki que é super animada e que quer as coisas sempre a maneira dela, dá uma fotografia de Noaki vestido de rapariga quando era ainda pequeno (apenas porque a mãe queria uma menina e bem teve de se contentar assim). Então Kotoko usa a fotografia para fazer chantagem com Noaki, ou lhe dá aulas de estudo ou ela mostra a fotografia a toda a gente.

Kotoko é completamente sonhadora e é muito positiva e feliz, age por impulso e tira sempre conclusões precipitadas, mas isso é que é bom nela, a sua felicidade  e maneira de encarar o mundo.
Já Naoki é completamente ausente, tem a felicidade de decorar tudo a primeira vez que lê e isso ajuda-o nos seus estudos e a ser o melhor aluno. Não sabe bem o quer da vida, e não sabe como lidar com imprevistos, por isso Kotoko na vida dele o deixa desorientado.

s-l1600O mangá tem cerca de 23 volumes e infelizmente não tem um final real, devido a morte repentina da mangaka. Embora estivesse para terminar em 1999,o final foi contado pela própria ao seu marido que depois contou para concluir o anime.
Eu não sou muito fã da arte, na verdade foi o que me levou a deixar a parte do desafio para o fim, mas…. consegui ler os 23 livros, hurray!! E continuo a não gostar, embora tenha que dizer que vai melhorando um pouco, visto serem se não me engano 10 anos.
Eu não sou muito fã dos anos 90 é certo, mas este mangá foi muito pouco desenvolvido a nível de arte, principalmente masculina, Naoki era mesmo estranho e permanecente nada tem a ver com o rapaz certinho e  super estudioso e sempre bem arranjado.
Quanto a história, não posso adiantar muito, bem visto as coisas esta é a original, escrita pela Kaoru Tada, e não há muito a acrescentar.
Há!! Tal também acontece no anime, mas há uma cena que por acaso é a final, em que visitam a família da parte da mãe, que também é meia estranha e fala muito da relação entre o avô e Naoki que não imaginava obviamente.


O anime tem apenas uma temporada de 25 episódios que abrange a série toda. Felizmente as personagens não são muito parecidas com o mangá, provavelmente por serem de épocas diferentes, até faz sentido.
Mas um grande ponto a favor é, isto é shoujo seria de esperar que Naoki e restantes se destacassem muito mais que os outros “mortais” mas não, eles são completamente normais, e ainda bem.
Se bem que há alguma inconsistência por vezes no geral quando elas supostamente evoluem, Kotoko parece sempre a mesma idade, já Naoki nota-se que fica mais adulto, se bem que mesmo no inicio ele ja parece mais adulto que ela.
Negativo para Kinnosuke, tanto aqui como no mangá, foi sempre uma personagem estranha e só para o final é que ficou melhor tanto em arte como em voz, a voz que Shuuhei lhe deu é demasiado esganiçada e estranha, eu não o vi-a assim, e lá para o final quando já não era preciso estar na sombra da Naoki ficou normal, daí a não ter achado muito correcto ter optado por isso.
Outro pronto negativo será mais para o final… okay eu gostei dele, mas…. a miúda pequena irritou-me muito porque parecia que estava a lutar com a mãe pela a atenção do próprio pai, e isso achei estúpido, tirou a magia toda. De resto gostei do final que Naoki e Kotoko tiveram!!
Fica aqui então a abertura:


E por fim o Dorama de 2013 e o que me levou mesmo a maratona, e comecei a ve-lo por causa do cof cof Yuki… mas foi uma excelente descoberta.
A Natália mandou-me um esquema temporal dos drama que há e lá pelo meio tem o anime: (sim nem todos são japoneses :3 )
1935265_216936728639487_1567639339552887403_n
Em breve irei ver o resto, arranjando tempo… enfim
Conta com duas temporadas e um episódio especial no meio deles, que não irei dizer de que parte mas que realmente me irritou.
O drama tem realmente momento super divertidos e adapta de uma forma excelente o mangá, pois a química entre os dois actores principais é excelente, mesmo eles terem quase dez anos de diferença, estranho mas é verdade.
Um sentimento que se tem ao longo do drama é que Kotoko apesar de muito bem caracterizada chega a ser irritante e dei por mim a pensar “Noooo não faças issooo!!! ” Mas ela fez, de todas as vezes.
Tanto a Honoka Miki como o Yuki Furukawa fizeram um excelente trabalho a dar vida as personagens. Honoka parecia mesmo a Kotoko e adquiria muito a sua personalidade e todas aquelas faces que ela faz.
Quantos as amigas de Kotoko meteram-nas mais actuais, principalmente uma delas que não é tão fashion como a outra mas também não é uma labrega *sorry* mas sim uma maria-rapaz que entra também na faculdade com elas.
Kinnosuke também está bem melhor, não tão parecido ao mangá mas mantendo os ideais dele.
Agora o final foi muito melhor que o anime, ui mil vezes melhor!! Adorei-o.
O Drama em si tem algumas coisas diferente e que resultam a longo prazo.

SPOILER a parte do hospital é de facto diferente, aqui Naoki não tem telemóvel e que trata de tudo é a Kotoko e é onde aparece o 2 beijo… bem melhor.

Aqui fica então a abertura da primeira temporada

Depois disto tudo continuo a preferir o drama, não sei se for por ter visto primeiro, mas de facto diverti-me mil vezes mais com ele do que com o anime por exemplo.Mas aconselho a ler e a ver, até para verem as diferenças.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 1x3, Opiniões com as etiquetas . ligação permanente.

Uma resposta a [Opinião] 1×3 – Itazura na Kiss

  1. Ana diz:

    Também me divirto mil vezes mais com o drama do que com o anime. E esse final que falas da miúda é completamente ridiculoso, estragou mesmo tudo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s